Charles do Bronks fala de Jesus no Octógono


O campeão peso-leve Charles Oliveira, mais conhecido como Charles 'do Bronx', defendeu o cinturão pela primeira vez no sábado (11) em Las Vegas (EUA), na luta principal do UFC 269, após finalizar o americano Dustin Poirier.


Em entrevista no octógono, o lutador brasileiro agradeceu não só à sua equipe e aos fãs, mas glorificou a Deus pelo cinturão, no ginásio T-Mobile Arena.


“Eu tenho a melhor equipe do mundo, o melhor time do mundo. Eu estou pronto. Estou feliz demais. Toda honra e toda glória [a Deus]”, disse Charles apontando para o alto.


Ele continuou: “Como eu falei, não fui eu, foi Ele lá em cima, o homem lá em cima. Esse é o cara, Ele é o verdadeiro. Ele está voltando família, Ele está voltando! Não fiquem em casa brincando não, Ele está voltando!”


Esta foi a 32ª luta da carreira de Charles e a décima luta seguida a ser vencida. Nascido em Guarujá, no litoral de São Paulo, o atleta de 32 anos é campeão dos pesos-leves (70 kg) e também o maior vencedor por finalizações na história do UFC.


Depois da vitória no UFC 269, Charles foi aclamado pela torcida, mas se recusou a receber o crédito pela vitória, em um gesto com as mãos. Mais tarde, no Instagram, ele explicou: “Eu não, sempre foi Jesus!”


Antes de subir no octógono, o brasileiro deu ainda outra declaração de fé, em entrevista à UFC: “A palavra de Deus fala: ‘Mil cairão ao teu lado e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido, porque Eu sou o teu Deus’. É isso o que eu tenho a dizer. Eu estou pronto! Eu vou chocar o mundo mais uma vez”.


Ele também citou um versículo bíblico ao comentar sua chegada ao top 5 da categoria peso-por-peso. “Eita Deus, olha aonde nós chegamos, e é apenas o começo”, disse no Instagram. “Se a sua fé for do tamanho de um grão de mostarda, você pode mover montanhas”.


Matéria: guiame.com.br

0 visualização