Fortaleça-se no Senhor



”Chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul, e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo. E tinham levado cativas as mulheres, e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes; a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo, e foram o seu caminho. E Davi e os seus homens chegaram à cidade e eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas tinham sido levados cativos. Então Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças para chorar. Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas; Ainoã, a jizreelita, e Abigail, a mulher de Nabal, o carmelita. E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.” 1 Sm 30.1-6


Entre ter sido ungido a rei de Israel e assumir o trono, Davi experimentou muitas intempéries, sofreu humilhações, morou na terra do inimigo, guerreou muitas guerras, tornou-se mercenário, lutando por dinheiro, tornou-se um fugitivo; (ele fugia de Saul). Perdeu a esposa, o convívio com o melhor amigo; Jônatas, perdeu o papel de honra no exército e a boa fama, porque teve que se passar por louco para salvar sua vida, perdeu o direito de morar na sua pátria. Ele perdeu tudo!


A Bíblia diz que Davi estava morando em Ziclague e entre Ziclague e o local da batalha, havia uma grande distância. Ao chegar ao local da guerra Davi e seus homens, foram impedidos de batalhar pelos príncipes dos filisteus, pois eles o consideraram um possível traidor. Quando retornaram a Ziclague, os Amalequitas tinham conquistado a cidade, colocado fogo e levado cativos as mulheres, os filhos de Davi e de seus homens.


A narrativa nos conta que eles choraram até não ter mais força e os homens de Davi se revoltaram contra ele, chegando a falar que queriam apedrejá-lo. Ele então, perguntou a Deus: “Fico com meu choro, derrota, vergonha, medo ou vou atrás?” A resposta de Deus para Davi foi: “Persegue porque de certo libertarás e alcançarás.


Você pode perder tudo, só não pode perder o Senhor, Ele é a fonte de tudo, e N’Ele está toda a provisão.


Davi não sabia se a família dele e dos seus homens estavam vivos, mas, se Deus disse que resgataria, era o suficiente. Ele foi atrás da sua família e da família dos seus homens e batalhou 24 horas. O poder de Deus nos dá força para lutar por mais tempo que possamos imaginar.


Eles venceram a guerra, trouxeram de volta o que lhes pertencia e os despojos daquela batalha. Sabe o que isso significa? No lugar da derrota Deus nos dará dupla honra.


Muitas vezes no meio da batalha, muitos não têm forças para lutar, do exército de Davi, 200, não tiveram forças para ir adiante e os 400 que guerrearam, não queriam dividir os despojos da batalha com eles, porque creditaram a vitória a eles mesmos, mas, Davi tinha outra visão, ele sabia que eles venceram a guerra por causa do Senhor.


Muitas vezes devemos ‘lutar’, orar, pelejar no mundo espiritual, por aqueles que já não têm forças. Davi nos ensina que a nossa vitória não vem dos montes, dos céus, da terra, Ele vem do Senhor!


“Elevo meus olhos para os montes, de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor.” Sl 121.1,2.


No tempo de dor louve e como louvar no tempo da dor, do sofrimento? Davi tinha uma convicção no coração, Ele podia perder tudo, só não podia perder o Senhor!


Dra. Tânia Tereza

Edição: Renata G. Santana (09/2015)




6 visualizações