Testemunho de Evan conta como seu pai Evander Holyfield o influenciou no Evangelho


Um dia, o ex-pugilista norte americano, Evander Holyfield, ligou para seu amigo Maurice Watkins para fazer um pedido — treinar seu filho Evan. Watkins é um boxeador experiente e condecorado. Ele disse que trataria Evan como se fosse seu próprio filho.

Evan foi para a academia “Watkins Fighter Nation” que fica em Houston, no Texas (EUA) e começou a treinar. Essa história é contada no segundo episódio de “Legacy: In the Shadow of Greatness” (Legado: Na Sombra da Grandeza, em tradução livre)...


Quando Evan chegou para ser treinado por ele, o ambiente já era formado pela ligação entre igreja e academia. As pessoas que Evan vê na academia são as mesmas com quem ele adora a Deus aos domingos.

“Para nós, trazer Evan foi uma alegria porque todo mundo já ouviu falar de seu pai”, disse Brady no episódio. “Ele não apenas veio para a Fighter Nation para lutar, mas para fazer parte de uma igreja e de uma família”, continuou.

Após se estabelecer em Houston, Evan tomou a decisão de ser batizado para confirmar sua nova vida em Cristo. O próprio Watkins realizou o batismo, que também é mostrado no documentário.


Influência do pai na vida do filho

Evan fala que a importância do batismo foi incutida nele por seu pai. “Meu pai sempre me disse que para dar um passo à frente na fé, é preciso ser batizado”, compartilhou.

“Esse pensamento sempre esteve na minha mente enquanto eu crescia”, continuou. Mesmo com um pai mundialmente famoso, a vida nem sempre foi fácil para Evan. Atualmente, ele mora num quarto extra na casa do pastor Brady.

Após o batismo, Evan reflete sobre o papel que a fé e o boxe desempenharam na formação da pessoa que ele se tornou.

“Sem Deus, eu provavelmente não estaria boxeando”, reconheceu. “Eu poderia facilmente ter me envolvido nas coisas erradas em que meus amigos se meteram. Mas, Deus e o boxe definitivamente me deram direção na vida”, disse...


Fonte: Portal Guiame


0 visualização